Santiago do Chile! Terceiro dia

Neste dia o primeiro passeio foi no Museo de Bellas artes, que fica num prédio antigo liiindo, ao lado da Biblioteca.

Só se pode tirar fotos do hall principal, e não dentro das salas (apesar de que vi gente usando a câmera na maior caruca… XP).

Os salões não são grandes, e como disse uma amiga, se você conhece os locais culturais de São Paulo (Pinacoteca, Masp, Mis, CCSP, CCBB e outros), tudo fica parecendo pequeno.

Mas tem exposições bem bacanas. Numa delas havia algumas pinturas sensuais, só eu e mais 2 senhorzinhos olhando, daí um deles  perguntou se eu estava gostando e o que achava das imagens, dei uma de japonesa original, fingi que não era comigo e fiz uma saída estratégica… hahaha

Em frente fica o parque Forestal.

De lá o próximo destino seria MAVI (Museu de artes visuais), mas vi errado o mapa, acabei me ‘perdendo’, e sem querer, sai no GAM, centro cultural bem grande, porém não cheguei a ver a programação e nenhuma das exposições que estavam rolando.

Nas viagens sempre compro um livro de presente pro meu pai, até o momento não tinha achado nenhuma livraria bacana (na verdade, estava procurando a versão chilena d’O Ateneo…), e no GAM tem uma bem bacana, não só de artes, é pequena, mas tem material interessante.

Alguns minutos caminhando e finalmente consegui chegar no MAVI, que fica escondidinho numa travessa da rua Lastarria, que tem vários restaurantes e cafés bacanas.

Lá dentro fica o Museo Arqueológico

Em seguida parti para o Mercado Santa Lucía, que fica em frente ao cerro. Tem vários artesanatos e peças com a pedra azul, que só existe no Chile e Afeganistão. Bom para comprar regallos.

Na volta passei no bairro Paris-Londres, que fica razoavelmente perto do Mercado. É um local com vários predinhos antigos. Ocupa praticamente alguns poucos quarteirões.

Como estava no Chile e nunca tinha assistido um filme do país (Machuca está na minha lista), à noite pedi para o guri do hostel indicação de cinema para ver película de produção nacional, ele disse que não havia nada em cartaz, até procurou na internet para confirmar, e não tinha mesmo. Ele comentou que grande parte dos filmes é ruim, que de 3 em 3 anos aparece um que seja bom… Achei interessante, pois Brasil, Argentina e Peru tem uma quantidade considerável de filmes. Nunca bateremos Hollywood ou Bollywood, mas é preciso resolver logo essa questão de produção cinematográfica latino americana. Enfim, só para abrir e fechar parênteses… =)

Guia

Museu Bellas Artes – estação Bellas Artes

GAM + MAVI + Museu arqueológico – estação Universidad Católica

Paris-Londres – entre as estações Santa Lucía e Universidad de Chile

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s