Barcelona | Parque de Montjuïc

Barcelona

_DSC0353

Cheguei já à noitinha na cidade e meu querido amigo me esperava no aeroporto, foi ótimo ver um rosto familiar e falar português quando a pessoa já não sabia mais onde estava, que horas eram e qual língua falar depois de horas de voo, passar pela imigração e conexão no Porto… kkk

Depois de ter feito check in no hotel e me recomposto, fomos jantar no Fresc Co (que Matraqueando já tinha comentado) e dar uma volta pela cidade.

No dia seguinte, claro que o primeiro passeio na cidade foi conhecer a Fundação Miró, deuso desde que comecei a me interessar pelas artes plásticas.

_DSC0296

A sensação era de entrar em local sagrado, de ter que fazer reverência antes de adentrar, ir devagarinho, para olhar tudo com muita atenção e dedicação, como se tivesse que registrar tudo… Já tinha visto algumas de suas obras em São Paulo, mas estar lá foi muito especial, tipo prestar uma homenagem em seu ‘templo’…

Agora já posso ir desta para o outro lado (que demore mais umas boas décadas… rs), pois visitei o local dedicado a um dos artistas que mais me inspira.

O espaço não é muito grande, e além da exposição permanente com as obras de Miró, tem outras temporárias de outros artistas.

_DSC0302

_DSC0299

_DSC0308

A fundação fica no Parque de Montjuïc, enooorme e liiindo (sério, sem exageros), dá para passar o dia lá passeando pelas ruas, indo até o castelo de Montjuïc, estádio e inúmeros jardins, que parecem saídos de conto de fadas.

_DSC0312

_DSC0322

_DSC0328

_DSC0329

Estádio Olímpico

_DSC0334

Fachada lateral do Estádio Olímpico

_DSC0340

_DSC0333

Neste mesmo parque ainda fica o MNAC (Museu Nacional d’ Arte de Catalunya). Mara! Mara! Mara! Um dos museus mais lindos que já vi na vida… Parece que todo o ‘peso’ cultural e histórico do local penetra em você, nem sei explicar…

_DSC0343

Lá fica o espaço (fotos abaixo) que quase tive vontade de chorar quando vi devido à sua oponência. Fiquei pensando como o mesmo homem que constroi tal tipo de arquitetura também é capaz de destruí-la:

_DSC0344

_DSC0045

_DSC0047

Este  museu também tem exposições permanentes e temporárias. As permanentes estão dividas em espaços diferentes e por movimentos históricos/ artísticos: arte romana, gótica, renascimento, barroca e moderna.

Caso não consiga ver tudo de uma vez, o museu fornece prazo de até 1 mês para ver o restante, e sem pagar, é só apresentar o ticket.

_DSC0019

_DSC0025

_DSC0030

_DSC0056

_DSC0061

_DSC0102

_DSC0114

_DSC0120

_DSC0143

_DSC0156

_DSC0179

_DSC0182

_DSC0349

PRODUÇÃO

Língua: em Barcelona, capital da Catalunha, se fala catalão (dãrrr), claro que espanhol também, mas eu achava que o espanhol fosse mais usado, e quebrei a cara! rs. Estranhei muito, muito, porque pra mim a língua é uma mistura de russo com francês… hahaha

Enfim, alguns letreiros informam em catalão, espanhol e inglês. No final dá tudo certo…

Da plataforma externa do aeroporto pegamos o ônibus 46, que leva uns 30 min. até o ponto final, um tantinho antes da Plaza de España. Atenção: não é de lá que o ônibus volta para o aeroporto, e sim da parada fica na Plaza de España, mas em frente ao shopping Arenas de Barcelona. Todas as paradas informam quais são os ônibus que param, algumas têm mapa com trajeto das linhas e placa que informa quanto tempo falta para o ônibus passar, de verdade, cronometrado.

Em frente ao Arenas de Barcelona (pequeno, mas tem Fnac, Sephora…) tomamos o ônibus 27, que tem parada (Josep Tarradellas – England) em frente ao hotel. Ônibus novos, limpos, tem máquinas para validar o cartão (se não tiver um, pode pagar direto para o motorista, já que não tem cobrador), lugar para prender carrinho de bebê, e a maioria têm plaquinha que mostra e anuncia a próxima estação (alguns não têm nenhum destes recursos, outros só mostram no letreiro).

O metrô tem várias linhas, mas é fácil de usar, tem mapas e (quase sempre) informa as direções, tanto das saídas quanto do sentido da linha; mas a maioria das estações não tem funcionário (todo mundo compra o ticket nas maquininhas, algumas aceitam cartão de crédito), o que complica na hora que precisa pedir informação. Os vagões são limpos e novos, interessante é que tem que apertar botão na porta para abri-la. Nem todas têm escada rolante, e em algumas você terá de subir até 4 lances para chegar na saída.

Super sugiro comprar o cartão de transporte público T10 (pode comprar o da zona 1, que cobre toda a cidade e dependendo do ônibus, até locais da grande Barcelona, depois relato a aventura que foi ir até outlet em outra cidade), que serve para usar em 10 trechos de metrô e ônibus, digo trechos porque vc tem o intervalo de 1h15 para usar a quantidade que for de transporte público.

Fundação Miró – peguei ônibus 150 na rua que sai da Plaza de España em direção ao MNAC, e te deixa em frente à fundação. Chegue cedo, pois às 12hs já tinha uma mega fila. Infelizmente não pode tirar fotos lá dentro, nem sem flash. Dá para ir subir à pé desde a Plaza de España, mas acho longinho.

MNAC – Dá para ir à pé da Plaza de España, é uma subidinha meio sem vergonha, mas tem umas partes com escada rolante.

Fresc Co é uma rede de restaurantes estilo buffet, que vc paga valor fixo (com direito a comida fria e quente, bebida, sobremesa, café e chá) e come o quanto quiser. Tem muita variedade, super vale a pena.

Temperatura: na 1a parte da viagem estava frio, mas friozinho tranquilo, tipo uma camiseta de manga comprida e um casaco não muito pesado por cima; já quando voltei pra cidade, a temperatura era outra (mais blusas, casaco mais pesado e quase usei meia calça por baixo da calça), meu amigo até comentou que o outono tinha acabado e o inverno chegado, mas nada que casaco ‘made in Brazil’ não desse conta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s