San Pedro de Atacama – Dia 6

Dia 6 – Gêiser + Valle de la Luna e Valle de la Muerte

Dia de madrugar: passeio para o Gêiser de el Tatio. Sim, estava com medo. Sim, segui as instruções de não jantar carne e/ ou nada pesado e nem tomar bebida alcoólica, além de não tomar café da manhã, fui só de chá de coca.

O desayuno é oferecido durante o passeio, entre um gêiser e outro. Nos gêisers, o tour passa por 2 lugares, o primeiro é o que tem vários, em que o sol vai parecendo devagarinho enquanto o guia explica o fenômeno.

Quando fui, estava 1 grau negativo. Ao contrário do que eu tinha lido, não foi taaaanto frio assim. Fui com meia calça grossa por baixo da calça jeans, camiseta de manga comprida, fleece e jaquetão grosso. Fora luvas e gorro.

_DSC0415 _DSC0490 Quando fomos para o segundo local, onde tem a piscina térmica (não entrei) e outros gêisers, eu já tinha tirado as luvas, touca e casacão…

Depois fizemos parada no povoado de Machuca, que é um vilarejo em que moram umas 3 famílias, vivem praticamente do turismo, já que os passeios param lá para que os visitantes comam espetinho de lhama (eu morri de dó, mas comi, afinal, quando terei outra oportunidade? Parece carne de vaca, com gosto mais fraco) ou empanadas de queijo, queijo de cabra e etc.; e claro, uma senhorinha com uma lhama que cobra para tirar foto… _DSC0544 _DSC0550 Este dia foi bem hardcore, depois de ter feito o passeio madrugador, no meio da tarde fui pro Valle de la Luna e Valle de la Muerte.

Sei que muita gente gosta mais do Salar de Tara, mas este foi imbatível, de longe o melhor, por diversos motivos: o guia Gustavo é demais! Simpático, divertido, gente buena, sabe muuuuito! No começo pensei que fosse ser furada, pois começamos pelo Vale de la Luna, que é onde geralmente os passeios terminam para ver o por do sol, mas o guia que é danado, fez um roteiro diferenciado, e foi meeeega melhor.

Passamos por lugares entre os cânions, vimos as 3 Marias (atualmente duas, pois no começo dos anos 2000, quando ainda não havia fiscalização no local, um turista subiu numa delas e a quebrou…), escutamos o som das rochas se dilatarem, entramos numa caverna e ouvimos Gustavo contar não só sobre os locais que visitamos, mas também sobre a cultura local. Passamos pelas Cuevas de Sal, e no final voltamos para o Valle de la Lunna ver um dos por do sol mais lindos que já vi na vida…

_DSC0594 _DSC0647 _DSC0704 _DSC0574 _DSC0765 Toda a paisagem vai mudando de cor conforme o sol vai sumindo no horizonte…

Se tivesse ficado mais tempo, certamente faria o passeio de novo.

Mara, mara, mara!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s