O clã (El Clan, 2015)

Nem lembro qual foi a última vez que fui ao cinema, pois a programação das salas em Natal city tá bem complicadinha…

Aproveitando as férias em SP, assisti na telona O clã, filme argentino de Pablo Trapero.

Do diretor eu tinha assistido Abutres, mas confesso que não curti, achei muito pesado, não sei, não me conectei.

Ao contrário d’O clã… A história é baseada num fato real, ocorrido em Buenos Aires, na década de 1980. O tal grupo era formado por membros da família Puccio e outros cúmplices, para sequestrar e consequentemente matar.

Mais um exemplo audiovisual que los hermanos sabem muito bem produzir e realizar películas. É incrível como fazem tão e muito bem feito!

Tem uns trechos clichês (por exemplo: montagem paralela de casal transando no carro e grupo fazendo sequestro, trilha musical quando tem rapto…), mas você fica hipnotizado o tempo todo. Direção de arte, fotografia, geral e os atores são impecáveis. O filme permanece na cabeça por vários dias…

 

 

Apesar de baseado em situação ocorrida, o que levaria a uma direção mais realista, tem uns trechos, como na sequência final, que seria deveras dramática, pois é uma ação forte, mas há inversão, a cena é levada em outro tom, até um pouco irônico e sarcástico, o que resulta numa mudança de clima que torna o filme bem mais interessante, pois não fica óbvio.

Obrigatório assistir!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s